Fotos: Gravação do Show da Virada

Veja fotos da gravação do Show da Virada no último dia 30/11.


Júnior solta a voz durante a gravação do Show da Virada, no Rio


Júnior toca guitarra e Sandy canta ao fundo, a perfomance da dupla foi um dos pontos altos do Show da Virada


Sandy canta no Show da Virada, acompanhada por seu irmão Júnior


Sandy animou o público que acompanhava a gravação do Show da Virada, da rede Globo



Os irmãos Sandy e Júnior posam para foto nos bastidores do Show da Virada, gravado no Rio



Sandy e Junior também fizeram parte da festa global no Claro Hall


Junior exibiu suas habilidades como guitarrista



Sandy


Junior



- Postado por: Jéssica às 14h03
[ ] [ envie esta mensagem ]





Mais fotos de Sandy de Mulher-Gato

Veja abaixo mais fotos do ensaio de Sandy de Mulher-Gato pra Revista da MTV:

Divulgação/MTV/Priscila Prade

Divulgação/MTV/Priscila Prade

Divulgação/MTV/Priscila Prade

Divulgação/MTV/Priscila Prade



- Postado por: Jéssica às 14h00
[ ] [ envie esta mensagem ]





Sandy de Mulher-Gato na Revista da MTV


Priscila Prade/"Revista da MTV"

CAMALEOA A cantora Sandy vai aparecer assim, como Mulher-Gato, na próxima edição da "Revista da MTV", que chega às bancas na semana que vem; na entrevista, fala sobre determinação e falta de medo de encarar a vida


FONTE: JORNAL FOLHA DE SÃO PAULO - COLUNA MÔNICA BERGAMO / Créditos: GUGA (Fórum Alenda)


                                             

Sandy se veste de mulher-gato na revista da MTV


Sandy faz pose de felina na revista da MTV

Sandy posou para a sessão "Eu Queria Ser", da revista MTV de dezembro. A cantora surpreendeu ao escolher a famosa personagem mulher-gato, da história em quadrinhos Batman. De macacão preto cobrindo até o rosto, Sandy fez pose de felina e arrasou.

- Gosto de me fantasiar de coisas diferentes, aparecer de um jeito que as pessoas não estão acostumadas a me ver. Quanto à personalidade, acho que a coragem da Mulher-Gato é o que mais tem a ver comigo. Quando decido uma coisa, vou e faço, sem medo e com determinação, disse ela.

No mês passado, Beto Lee foi quem estrelou a sessão. O filho de Rita Lee escolheu Gene Simmons para se transformar.




- Postado por: Jéssica às 13h55
[ ] [ envie esta mensagem ]





Videocaps do show de Sandy em Brasília

Veja alguns videocaps (imagens capturadas de vídeo) de Sandy durante o show em Brasília na campanha do "Dia Mundial de Luta Contra a Aids":
















- Postado por: Jéssica às 12h13
[ ] [ envie esta mensagem ]





Fotos do ensaio de Sandy em Brasília

Sandy canta durante evento que marca o Dia Mundial de Luta Contra a Aids, em Brasília. Confira fotos da passagem de som.

1º de Dezembro, Sandy se apresentou em Brasília no Music Hall durante evento que marca o Dia Mundial de Luta Contra a Aids. A cantora foi convidada pelo Ministério da Saúde e pelo Ministro da Cultura Gilberto Gil para cantar e representar - ao lado de Elba Ramalho, Preta Gil e Margareth Menezes - as mulheres do Brasil. Sandy chegou por volta de dezesseis horas no local da apresentação para fazer a passagem do som com os músicos do evento. Sandy abriu o evento com a música Malandragem, de Cazuza.




















- Postado por: Jéssica às 12h03
[ ] [ envie esta mensagem ]





Sandy e Junior no níver de Angélica (Fotos)

Sandy e Júnior festejam  31 anos de Angélica



Sandy e Júnior foram algumas das celebridades de primeira estirpe que parabenizaram Angélica, pelos 31 anos completados na última terça-feira, dia 30.
O marido da apresentadora grávida de 6 meses, Luciano Huck, para não deixar a data passar em branco, afinal motivos para celebrar existem e muitos, organizou um sofisticado jantar surpresa para a esposa balzaquiana.

A dupla, que veio ao Rio para a gravação do "Show da Virada", da Rede Globo, no Claro Hall, saiu direto da casa de espetáculos rumo a São Conrado, bairro chique da zona sul carioca, onde moram, provisoriamente, Luciano e Angélica. Isso porque, os recém-casados estão aguardando o término da reforma da mansão da loura, localizada na Barra da Tijuca, para mudarem definitivamente de endereço.

Sandy, sempre muito garbosa, e Júnior, fazendo a linha despojado, chegaram ao luxuoso prédio do apresentador do "Caldeirão do Huck" escoltados por seguranças. Na saída da festa, a musa da garotada e de muitos marmanjos esbanjou simpatia, ao colaborar com o trabalho da imprensa de plantão.

Acessíveis, os irmãos posaram para as fotos e comentaram, sem muitos detalhes, a festa surpresa da gestante Angélica:

"É fim de festa. Estamos acabados!", brincou Sandy, exibindo de madrugada um penteado ainda impecável.

"Foi uma festa ótima, superanimada. A Angélica estava linda como sempre", elogiou a cantora.

A mamãe de primeira viagem, que trajava um vestido rosa, ganhou muitas jóias de presente, inclusive uma valiosa pulseira de brilhantes do maridão.

No concorrido jantar, que reuniu cerca de 40 convidados, entre eles, Malu Mader, Cláudia Abreu, Carolina Dieckmann, Wanessa Camargo, Juliana Knust, Fernanda Torres e muitos outros VIP's, foram servidos desde massas ao molho de tomate e alcachofra, até cherne ao molho de ostras, bufê de Flávia Quaresma.

De sobremesa, entre tantas delícias, foi servida torta de chocolate, a pedido da aniversariante. O "Parabéns para você", aconteceu às 2h da manhã, quando a loura assoprou as velinhas de um bolo simbólico, enfeitado com flores Angélicas, mimo de Luciano.

O rebento do casal, previsto para nascer em março, também não ficou de fora da lista de presentes.







Fonte: Fuxico



- Postado por: Jéssica às 11h57
[ ] [ envie esta mensagem ]





Niver badalado: Sandy e Junior prestigiam festa de 31 anos da futura mamãe Angélica


No Rio de Janeiro, Sandy e Junior foram à festa de aniversário de Angélica

Nesta terça-feira, Sandy e Junior aproveitaram a estada no Rio de Janeiro - onde gravaram o 'Show da virada' da Rede Globo, no Claro Hall - para prestigiarem também o aniversário de 31 anos de Angélica. O jantar comemorativo aconteceu no apartamento de Luciano Huck, em São Conrado, moradia provisória do casal, já que a mansão da loura, na Barra da Tijuca, está em reforma.

"Viemos diretamente da gravação para a festa, que está animadíssima. A Angélica está muito feliz, e linda, como sempre", disse Sandy, que não contou com a companhia do amado, Lucas, que estava em São Paulo.

Com a agenda de trabalho apertadíssima, os irmãos deixaram o local por volta das 2h da madrugada.

"Ai, gente, é fim de festa, estou acabada", brincou a vaidosa Sandy, antes de posar para os flashes.

Simpáticos, eles explicaram que tinham viagem marcada para a manhã desta quarta-feira.

"A Sandy participa hoje (quarta-feira) de um evento do Ministério da Saúde, em Brasília, e eu tenho um show com a minha banda Soul Funk, no Na Mata Café, em São Paulo, que acontece todas as quartas-feiras", justificou Junior.

Além da dupla, várias outros vips compareceram no aniversário da mamãe do ano. Entre eles, Wanessa Camargo, Malu Mader, Cláudia Abreu, Fernanda Torres, Renata Castro e Bruno Mazzeo, Juliana Knust, Aécio Neves, Carolina Dieckmann, além de parentes da loura, como a mãe, Angelina, o pai, Francisco, a irmã, Márcia Marbá, e os sobrinhos Arthur e Natália.

-----------------------------------------------------------------------------


Até os irmãos Sandy e Junior aproveitaram que estavam no Rio para dar um abraço na aniversariante-mãe

Fonte: Dirce

-----------------------------------------------------------------------------

Famosos vão ao jantar de aniversário de Angélica no Rio

Grávida de quase seis meses, Angélica comemorou ontem seus 31 anos com um jantar para a família e poucos amigos. A loura e seu marido, o apresentador Luciano Huck, optaram por uma festa mais intimista já que, há pouco mais de um mês, fez uma megafesta para celebrar o casamento.

O jantar foi realizado no apartamento onde Huck morava quando era solteiro, em São Conrado, no Rio. Entre os convidados estavam Sandy, Junior, Wanessa Camargo, Tony Bellotto e Malu Mader, Aécio Neves (governador de Minas Gerais), Juliana Silveira, Juliana Knust, Cláudia Abreu, Carolina Dieckman e Thiago Worcman.


Sandy e Junior chegaram sorridentes ao aniversário


Sandy usou uma camiseta com a frase: "Our destiny is coming. Are you ready?" e Junior preferiu a sua com a palavra Brasil

Fonte: Babado


-----------------------------------------------------------------------------

Mais fotos:









Fonte: Virgulando

-----------------------------------------------------------------------------

Angélica, querida por todos



Como no festão de casamento, não faltaram convidados famosos no aniversário de 31 anos de Angélica, terça-feira, no apartamentaço de Luciano Huck, em São Conrado. Sandy e Junior, Malu Mader e o marido, Tony Bellotto, Cláudia Abreu e José Henrique Fonseca (fotos), Fernanda Torres e Andrucha Waddington, Carolina Dieckmann e Tiago Worcman, Wanessa Camargo e mais uma penca de celebridades foram parabenizar a apresentadora. O presente do maridão – uma pulseira cravejada de brilhantes – revelou o nome que o casal escolheu para o bebê que nasce em março: Joaquim. Como a coluna antecipou, Angélica e Luciano ofereceram um jantar íntimo – assinado por Flávia Quaresma –, para 50 amigos e parentes. “Foi um dos aniversários mais especiais da vida da Angélica. Ela está muito feliz”, comentou a mãe da loura, Dona Angelina, à saída da festa.

Fonte: Jornal O Dia



- Postado por: Jéssica às 11h56
[ ] [ envie esta mensagem ]





Sandy e Junior na Nickelodeon



Os fãs de Sandy e Junior e do grupo CPM 22 têm um bom motivo para não desgrudar da telinha.

A garotada do Nick TôNicko, que vai ao ar no canal Nichelodeon, vai apresentar dia 3 de dezembro, às 19h, um bate-papo especial com os rapazes do CPM 22 e também uma animada conversa com a dupla Sandy e Junior.

Na entrevista, com direito a "palhinha", os irmãos fazem comentários sobre o evento "Meus Prêmios Nick 2004", em que faturaram a indicação de Melhor Vídeo-Clipe Nacional e o Prêmio Trabalho Solidário.



- Postado por: Jéssica às 18h27
[ ] [ envie esta mensagem ]





Matéria Completa: Revista TRIP com Sandy



CUIDADO, TEM ALGUÉM OLHANDO

Poucas pessoas encarnam tão bem o estereótipo da fama quanto Sandy. Seu nome foi transformado em marca e ela anda o tempo todo cercada de seguranças. Praticamente nasceu sob os holofotes da mídia. Trabalha desde os 7 anos e é assediada por dezenas de pessoas todos os dias. Para não enlouquecer, lança mão de uma série de truques e tem disciplina militar, só assim, consegue fazer coisas banais como ir ao cinema, fazer as unhas e estudar para o vestibular. Confira abaixo como é viver numa espécie de Big Brother Brasil 24 horas por dia.



* Sandy tem 21 anos, faz sucesso desde os 7, e não lembra qual foi a última vez que passou um dia todo sem precisar dar um autógrafo ou tirar fotos com fãs. Há dias em que chega a assinar seu nome mais de cem vezes.

* Há 14 anos, acorda com uma agenda rigorosa pronta. “Nada é feito sem que ela consulte a agenda: médico, estudos, vestibular, aniversários, viagens. Acho que no Brasil somente a Xuxa vive dessa maneira”, diz Mario Canivello, seu assessor de imprensa.

* Sandy gosta de estar perto de pessoas queridas, mas confessa que preferiria ficar mais tempo sozinha. Difícil, já que mora com os pais e com o irmão numa casa com seis empregados e é assessorada por uma equipe de 20 pessoas. Além disso, está sempre cercada de seguranças. Para fazer as coisas corriqueiras, costuma andar com três. Mas tem dias em que oito guarda-costas não desgrudam do seu pé.

* Nos últimos cinco anos, trabalhou cerca de 15 horas por dia. Por conta do excesso de compromissos, teve que aprender a domar uma gastrite nervosa e a administrar a falta de sono. “Às vezes, ela chora de cansaço”, confessa Noely, sua mãe e empresária.

* Atividades como ir ao dentista, ao médico, à terapia, à aula de balé e ao cabeleireiro precisam ser remarcadas diariamente. É por isso que Sandy tem personal trainer, duas manicures, figurinista e maquiador próprios, que a atendem em casa.

* Sandy precisa avisar o escritório com uma certa antecedência quando quer ir ao cinema ou mesmo ao aniversário de um amigo. Seus assessores checam se os horários não coincidem com a agenda de trabalho e, só depois disso, ela pode combinar alguma coisa.

* Vai prestar vestibular no fim do ano para letras. Como não pode ir ao cursinho, tem aulas em casa com professores do colégio em que estudou a vida toda, o Notre Dame, um dos mais tradicionais de Campinas.

* Como precisa estar sempre com as unhas bem cuidadas e tem pés “difíceis”, com quatro unhas encravadas em cada um, ela tem uma pedicure e uma manicure que vão à sua casa uma vez por semana.



* Por ter aversão a baladas cheias e barulhentas, “com cigarro, tumulto e gente com a mão molhada de cerveja tocando nos meus ombros”, seus programas preferidos são sair para jantar com os amigos, cozinhar para eles em casa e ir ao cinema.

* Ir ao cinema é uma das coisas que Sandy mais gosta de fazer. Para conseguir, ela entra pelos fundos de um dos shoppings de Campinas, nunca freqüenta as sessões mais cheias, como a das 19h e a das 21h, tem carteirinha VIP (que dispensa o ingresso) e sempre chega um pouco depois do horário. Só entra na sala de exibição com as luzes apagadas.

* Sandy adora assistir a DVDs em casa com o namorado, Lucas Lima, e amigos. Para seu conforto recorre a uma locadora que aceita pedidos de filmes pelo telefone.

* Não é fissurada em malhação, detesta suar e, se existissem, gostaria de tomar pílulas que a deixassem em forma sem precisar se cansar. Só faz exercícios todo dia porque “precisa”. Gosta de ter braços definidos e barriga enxuta.

* Nas raras vezes que decide ir à academia, uma vez por mês, tem que entrar pelos fundos e só pode aparecer nos horários menos movimentados, um pouco antes do almoço e durante a tarde.

* Sandy vive arranhada e com riscos de caneta espalhados pelos braços e pelas costas, frutos da histeria dos fãs.

* Aonde quer que vá, alguém pede para tirar uma foto. É por isso que ela é maníaca com a aparência e não anda sem maquiagem de jeito nenhum.

* Pensa bem quando marca um encontro com amigos porque, dependendo do local e da ocasião, qualquer um pode virar seu namorado no dia seguinte e estampar capas de revistas.

* Também pensa bem antes de contar qualquer coisa para um amigo que não seja íntimo, pois tem medo de ver um estrago nos jornais do dia seguinte: “Já aconteceu mais de uma vez de amigos me traírem. Mas não posso ficar paranóica. Tenho três bons amigos, fora minha família”.

* Todos os dias, por e-mail, o escritório manda uma compilação de todas as notícias publicadas no país a seu respeito. Quando não está a fim de aborrecimento, nem lê porque sempre tem uma ou outra fofoca que a incomoda.

* Nos últimos sete anos, foi capa de mais de 200 revistas.

* Pelo menos três vezes por ano, Sandy é convidada por revistas como Caras e Quem para fazer viagens internacionais. Em setembro passado, foi passear no Canadá a convite da Caras . Sandy tenta tirar um mês de férias por ano, mas até agora, em 2004, só conseguiu uma semana de folga e foi com o irmão para Miami.



- Postado por: Jéssica às 13h16
[ ] [ envie esta mensagem ]





continuação...




SEM PARAR
Para penetrar na vida de Sandy e descobrir como vive a garota mais famosa do país, entregamos um celular e combinamos que ela deveria atender a todas as ligações. Em qualquer horário. Foram sete dias de marcação cerrada.

Quinta 14 de outubro

15h57 - É nosso primeiro contato. Sandy atende animada e simpática. Estava no camarim do programa Altas Horas, nos estúdios da Globo, em São Paulo, desde as 14h. Tinha acabado de sair de um reunião com o Serginho Groisman e estava arrumando o cabelo. Depois, ia fazer maquiagem e entrar no estúdio para gravar. Fiquei espantada com a simpatia e delicadeza com que conversou comigo.

20h45 - Não atende.

21h - Sandy liga no meu celular toda solícita e pede desculpas por não ter atendido 15 minutos antes. Estava dormindo na van que levava ela, o irmão e a mãe, Noely, de volta a Campinas.

Sexta, 15 de outubro

10h A cantora tinha acabado de acordar e atende ao telefone esbaforida. Ia malhar em casa com sua personal trainer, Vanessa. Depois, arrumaria as coisas para embarcar rumo a teresina, no Piauí, onde faria show à noite.

16h - Caixa postal. Deve estar no avião.

17h37 - Atende ao telefone e o que se houve é uma tremenda gritaria. Sandy acaba de chegar ao aeroporto de Teresina, onde mais de cem fãs as esperam. Perde para eu aguardar enquanto distribui alguns autógrafos. Entra no carro, que está cercado, e pede mais um momentinho. Vai colocar o celular no clo para dar tchau aos fãs. "O motorista aqui está meio nervoso", diz, rindo, enquanto reclama do calor. "Às vezes dá um pouco de medo porque as pessoas se acumulam em volta da gente e ficam desesperadas. É normal eu tomar unhadas e puxões de cabelo."

19h - Está no quarto do hotel "simples, mas confortável" onde ficou hospedada na capital piauiense com a mãe, o irmão e o maquiador. Depois de se aprontar, vai para o local do show passar o som.

0h30 - Pego Sandy bem saída do show. Apesar de ter terminado às 23, a cantora só conseguiu sair agora, depois de atender todos os fãs que fizeram fila para pegar um autógrafo. "Foi muito bom. Esse povo do Nordeste é o mais animado, nem precisa pedir para cantarem e pularem comigo", conta, empolgada. "A única coisa ruim é que eu suei muito. Aqui faz um calorão". Enquanto fala comigo, entra no carro que a leva ao aeroporto. Ela achou melhor não dormir na cidade e seguir direto para o Rio de Janeiro, onde ela e o irmão passariam o fim de semana. "Info direto economizo tempo e consigo dormir mais. " A viagem é feito num jato fretado.

Sábado, 16 de Outubro

12h - Caixa postal

15h40 - Tinha acordado há meia hora. Chegou ao hotel Transamérica, na Barra da Tijuca, no Rio, às 4h30. Foi dormir às 6h. Tinha acabado de tomar banho e de comer frutas com leite de soja. Contou que ia pedir uma almoço e que, mais tarde, pretendia dar um pulo na festa de aniversário das atrizes Fernanda Rodrigues e Samara Felippo, suas amigas.

20h - Atende e fala rapidinho. Está na festa das amigas e o barulho é alto. Ela apressa a conversa, diz que está se divertindo e me pede para ligar mais tarde.

0h20 - Não atende.



- Postado por: Jéssica às 13h15
[ ] [ envie esta mensagem ]





continuação...

Domingo, 17 de outubro

13h40 - Não atende.

15h - Toca meu celcular. É Sandy. Ela pede desculpas por não ter atendido antes e conta que estava fazendo um show no Projac. Ainda nos estúdios da Globo, diz que está numa reunião com a mãe, o irmão e o empresário e primo Cacá para decidir algumas pendências que iam do videoclipe que vai ser gravado no fim do mês até a agenda de compromissos da próxima semana. Animada, a cantora conta que a festa do dia anterior foi boa, que está um pouco cansada porque teve de acordar cedo e diz que, assim que acabasse o futebol, ia entrar no ar ao vivo no programa do Faustão.

19h30 - Não atende. Deve estar no avião voltando para Campinas.

Segunda, 18 de outubro

10h30 - Atende simpática, como sempre. Está em Campinas, no escritório. Fala rápido porque está no meio de uma reunião com o pai, a mãe, o irmão, Cacá e uma consultora. Resolvem detalhes do contrato que estão renovando com a Globo e dos shows beneficientes que fará no mês. "Uma vez por semana participo de uma reunião de planejamento com essa", conta, em tom superprofissional.

13h40 - Está em casa, almoçando com pressa. Hoje é dia de aula particular de química e matemática em casa e cada minuto é valioso.

20h - Pela primeira vez, fica um pouco irritada comigo. Diz que acabou de subir para o quarto e de fazer as unhas. vai se arrumar para sair e não gosta quando pergunto aonde, como e com quem vai. Mesmo assim, diz que vai sair com o namorado Lucas Lima para assistir ao show de Amon-Rá (irmão de Lucas) em São Paulo e que vai dirigindo seu próprio carro. "Se fico trabalhando até tarde, posso ficar na balada até tarde também". Digo que ligarei no dia seguinte, e ela questiona: "Pô, mas não eram só quatro dias de ligações?". Não, Sandy eram sete.

Terça, 19 de outubro

12h45 - Tinha acabado de chegar da academia. Hoje decidiu ir malhar lá porque o namorado Lucas queria conhecer o local e treinar. "Acordei nove e pouco, passei um rímel e um batom rapidinho, tomei café correndo, malhei durante uma hora e meia estou chegando em casa para almoçar", conta. Enquanto abre o portão, diz que a balada da noite anterior foi gostosa. "O show estava ótimo atpe que chegaram alguns paparazzi e eu resolvi ir embora. Já tinha curtido bastante a presença deles me incomodou um pouco. Nunca teve nenhuma confusão com eles, mas, se disser que gosto do que fazem, é mentira."

15h33 - Atende com voz de ocupada e diz,baixinho, que está tendo aula de história em casa. "Você pode me ligar mais tarde?"

17h31 - "Ainda estou tendo aula", conta, bem-humorada. "Estou com a Kátia, a professora de literatura que virou minha amiga. Estamos falando sobre o arcadismo no Brasil". Beleza. Ficamos de nos falar mais tarde de novo.

20h27 - Estava chegando em casa. Tinha ido visitar o pai de uma amiga no hospital e se preparava para sentar à mesa do jantar. Ia tomar uma sopinha com a mãe, o irmão, a avó materina e o namorado, Lucas. Depois pretendia alugar um filme e ficar quieta.

Quarta, 20 de outubro

11h30 - Sabendo que a reportagem da TRIP estava a caminho de Campinas, onde ia passar o dia a fim de conversar com pessoas próximas a ela, me telefona. Quer saber se vou mesmo a Campinas e com quem pretendo conversar. Fico na dúvida; "Será que ela quer me ajudar ou simplesmente ter o controle da situação?". Desconverso e pergunto o que ela está fazendo. Sem muito empolgação, Sandy conta que acordou às 9h, malhou em casa mesmo, tomou banho e estava se preparando para dar um pulo no escritório. Tinha que dar entrevistas para rádios de Goiânia e Brasília, onde faz shows no fim de semana, e participar de um chat.

17h23 - "Oi, Renata. Estou fazendo coisa errada agora, digirindo e falando com você." É assim que Sandy atende dessa vez. Ela tinha acabado de participar do chat e estava voltando para casa na companhia do namorado. Pergunto se ela é ligada em computador, chats, orkut... Ela diz que mal responde e-mail e que, apesar de ter o MSN instlado em seu notebook, não costuma usar. E garante que as três páginas que existem com o seu perfil no Orkut são falsas: "Meu tempo já é tão curto. Prefiro pegar o telefone e ligar para os amigos do que ficar falando por e-mail", explica. "Vamos desligar antes que eu tome uma multa", encurta o papo e conta que hoje vai assistir a um show de jazz no Bourbon Street, em São Paulo, com o namorado.

22h30 - Ligo para saber como está a balada e Sandy me surpreende: "Mudei os planos. Fiquei cansada e com preguiça de pegar estrada. Eu e o Lucas resolvemos ir ao cinema, fomos assistir A Dona da História. Adorei o filme, é lindo", conta. Depois me explica que uma das músicas que fazem parte da trilha sonora é cantada por ela. Estava jantando num restaurante em Campinas e depois ia para casa dormir.



- Postado por: Jéssica às 13h14
[ ] [ envie esta mensagem ]





Matéria Completa: Revista TPM com Junior



NA PELE DE JUNIOR

Sandy e Junior são o exemplo perfeito e acabado do que é ser famoso. O nome dos irmãos virou marca, eles andam rodeados de seguranças e nos últimos sete anos foram capa de 200 revistas. Neste ensaio você vai descobrir como é a vida de um homem de 20 anos cercado de holofotes desde os 5



Suponha, enquanto lê esta reportagem, que você é o Junior, irmão da Sandy. Para que esta temporária apropriação funcione, você precisa acreditar que nasceu em uma abastada família de Campinas, cidade do interior de São Paulo, em 1984 e, quando ganhou consciência, aprendeu que seu pai era o mais popular cantor sertanejo do Brasil. Você também soube, porque a história corria na família, que, antes mesmo de falar, andava pela casa de fraldas, com um violãozinho na mão, balbuciando “lálálálálá”. Aí, com 4 anos, você e sua irmã mais velha começam a pedir a seus pais para aparecer na TV. “Se você vai, a gente também quer ir”, argumentam. Um ano depois, eles cedem e levam vocês ao programa global Som Brasil , apresentado por Lima Duarte. Vocês interpretam “Maria Chiquinha”, clássico sertanejo que sua avó costumava cantar, e saem do palco aplaudidos, como quaisquer outras duas crianças teriam sido nessas circunstâncias. Semanas depois, a música está nas rádios, e vocês são convidados a gravar um disco. Em um ano, estão num estádio de futebol do Nordeste cantando para 25 mil pessoas. E você ainda faz xixi na cama.



Autógrafo, recreio e balé

Aos 7 anos, no recreio do mais tradicional colégio de Campinas, o Notre Dame, você não consegue nem abrir a lancheira porque tem que dar autógrafos. Você não se lembra de como era a vida sem esse assédio. Sua realidade é ser observado, é chamar a atenção sem fazer nada, é assinar seu nome num papel para estranhos na rua. Cenas tão comuns quanto fazer a lição de casa, jogar bola ou assistir ao desenho animado sábado de manhã.

Você é matriculado em aulas de balé. A professora diz a seus pais que você é duro, meio sem jeito, que vai dar trabalho. Ao contrário de sua irmã, que é uma bailarina nata. Mais do que cantar e dançar você curte mesmo é fazer o som sair de algum instrumento. Em casa, começa a brincar com o violão de seu pai e vai tirando uns acordes. Em pouco tempo, começa a tocar enquanto sua irmã canta.

Cinema pelos fundos

Sua vida particular e pública se misturam, e nem você sabe onde começa uma e acaba a outra. Desde os 6 anos, anda cercado de seguranças. Eles te deixam na escola e esperam você sair, embora alguns de seus colegas jurem que havia uns à paisana pela escola. Eles não te incomodam: você é boa chapa e se dá bem com todos, mas impõe limites. Ao cinema, por exemplo, eles não vão. Deixam você na porta dos fundos do shopping, que dá acesso direto às salas. É que, se entrar pela via normal, você não chegará a tempo. Essa logística não te perturba pelo simples motivo de que sempre foi assim. Mesmo com todo o esquema, às vezes no meio do filme alguém vem pedir um autógrafo. Você não nega. Aliás, você nunca negou um autógrafo. Você adora quem te adora. Quer saber quem são essas pessoas, entender por que gostam de você.

TV Globo

Sua vida se complica quando você e sua irmã são convidados para fazer um programa na Globo, o Sandy & Junior . Você está no 2 ° ano do ensino médio, tem que fazer tour pelo Brasil e, agora, gravar para a TV. Começam as reuniões semanais com uma equipe de profissionais que decide seu destino e o de sua irmã. Vocês são, cada vez mais, um produto. Você não tem mais tempo para sair à noite, para jogar bola, para ser adolescente. E seus pais exigem que você, apesar do calendário, continue freqüentando a escola – de uniforme. Por outro lado, já vendeu 13 milhões de discos e, se quisesse, poderia se aposentar. De repente começa a sentir uma coisa estranha quando ouve alguém dizer coisas como “a marca Sandy & Junior ”. Tem vontade de gritar: “Não é marca Sandy e Junior. Junior sou eu, mano!”.

Aí começam os boatos de que é veado. E você mesmo se surpreende quando não liga. Em matéria de preconceito, você não tem muitos (pagode, numa época, mas nem mais esse). Você coloca na cabeça que qualquer homem que cante e dance vai ser vítima de discriminação. E, acima de tudo, você sabe melhor do que ninguém que gosta mesmo é de mulher. E das maduras, mais sedutoras. Um repórter um dia pergunta se você anda com camisinha na carteira, você diz que não tem carteira. No dia seguinte lê no jornal a manchete: “Junior é virgem”. Você ri: há muito já não era.



Crise de choro

Você e sua irmã são convidados para tocar no Rock`n`Rio 3, 250 mil pessoas. O show de vocês será antes do de Britney Spears e do NSYNC. Você gela. E se forem vaiados? Aquela gente não está lá para ver vocês: é o público de Britney e dos garotos americanos. Você entra e se dá conta de que tem 250 mil pessoas cantando uma de suas músicas. Quer chorar, mas tem que continuar tocando. O show acaba, você tem uma crise de choro. Não consegue parar. O episódio te dá segurança. Seu destino é mesmo tocar.

Você acha que é hora de mudar. Quer ser mais underground, menos pop. Conversa com Andreas Kisser, do Sepultura, e ele te convida para tocar num bar pequeno em São Paulo. Você aceita porque sabe que só assim vai conseguir mudar a percepção das pessoas. No dia da apresentação, está nervoso. Olha seu novo público e, no lugar de meninas histéricas, vê uma centena de metaleiros carrancudos. Suas pernas tremem. Você vai para o camarim e coloca uma tiara. Alguém te diz que você está doido, que os metaleiros vão te chamar de veado, te massacrar. Você resolve ir daquele jeito mesmo. Entra com Andreas e ouve vaias. Tenta não dar bola. Destrói a bateria e sai aplaudido – e de tiara.

Você toma gosto pela coisa, decide montar uma banda de black music e dá a ela o nome de SoulFunk. Começa a tocar em bares pequenos de São Paulo, nada que lembre os megashows que faz com sua irmã: dessa vez é tudo muito simples, no improviso. No dia 13 de outubro você se apresenta com a SoulFunk pela primeira vez. Está suando. Mas quando senta na bateria tudo fica ok. Você nunca se sentiu tão feliz. O show acaba depois das 3h. Você entra no carro, os seguranças entram no deles, e seguem para Campinas. No dia seguinte você tem que gravar um clipe com sua irmã. Essa é sua vida.


Uma semana com Junior
De 14 a 20 de outubro colocamos na mão de Junior um aparelho de celular que só a redação da Tpm tinha o número. A proposta era ligar para ele, durante sete dias, nos horários mais variados, muitas vezes ao dia. E ele tinha que atender sempre. Tudo para dar às leitoras uma idéia do que é uma semana na vida do rapaz.



- Postado por: Jéssica às 13h07
[ ] [ envie esta mensagem ]





continuação...


14 de Outubro, Quinta

17h10 - São Paulo, camarim do Altas Horas. Em nossa primeira investida, o celcular estava desligado. Minutos depois, Sandy, cujo telefone estava ligado e funcionando, explicou que o telefone do irmão estava sem sinal no camarim. Na Hora em que liguei Junior estava sendo maquiado.

21h16 - Não atendeu. No dia seguinte descobri que ele estava na rodovia Bandeirantes [ estrada que liga São Paulo a Campinas] com o motorista e Sandy, voltando para casa depois de gravar o Altas Horas. Acabou pegando no sono e não ouviu o telefone tocar. "To cansado: esta semana eu fiz um show com minha banda no Na Mata e fui dormir muito tarde, estragou todos os meus horários".



15 de Outubro, Sexta

11h10 - A rouquidão entregou no ato: acordei o moço! "Você estava dormindo ?". "Tava", respondeu rindo. Depois contou que raramente acorda tão tarde, até porque de manhã ele normalmente faz ginástica. "Agora vou descer e comer alguma coisa porque tô morrendo de fome".

16h07 - Caixa postal. Soube depois que ele estava dentro do avião, a caminho de Teresina, Piauí, onde faria com Sandy um show à noite.



18h52 - Teresina, Piauí. Junior atendeu já no quarto do hotel. Viajaram até lá em jatinho fretado pelo contratante, como fazem normalmente em vôos pelo Brasil. Ao chegar, foram cercados por fãs, que os seguiram pelas ruas da capital até o hotel. Desde que nos falamos pela última vez, ele só tinha tido tempo de tomar banho e comer uma feijoada de café-da-manhã. Pergunto se o hotel em Teresina é bacana, e ele diz que é simples, mas bom. Aí, conta que já ficou, ele não lembra em que cidade, num "hotel" que funcionava dentro de uma borracharia: "A luz do banheiro era daquelas penduradas com fio, sabe ?". Pergunto se Sandy mata barata. "Como assim?", ele estranha a pergunya, e eu explico que para mim o mundo se divide entre aqueles que matam barata e aqueles q berram. Ele morre de rir e repete a frase em voz alta: "Sandyyyyy, você mata barata?". "Mato, claro. Quando o papai não está em casa, sou eu que mato." Junior não sabia disso. Desligo - ele precisava comer alguma coisa antes do show: a feijoada era passado.

16 de Outubro, Sábado

12h40 - Caixa postal. Soube depois que nessa hora Junior estava durmindo profundamente em um hotel no Rio. Depois do show em Teresina ( estádio lotado, 25 mil pessoas, "galera totalmente pilhada!") eles decidiram seguir para o Rio no jatinho fretado. Chegaram às 4h da manhã.

14h47 - Ele atendeu e disse que tinha acabado de acordar. Estava no quarto do Transamérica, na Barra, iria comer alguma coisa e se mandar para o Projac, onde, com Sandy, faria testes no som para os dois shows de domingo: um para funcionários da Globo e outro no Faustão.

20h05 - Atendeu, mas eu não conseguia ouvir nada, tamanho o barulho em volta. "Estou numa festa", berrou do outro lado da linha. "Que esta?", gritei eu. "Da Fernanda!", respondeu Junior."Que Fernanda?", insisti, "A Fernanda Rodrigues[ex-atriz de Malhação]", explicou com a maior paciência. "Ela é muito amiga nossa e a festa tá um barato!" Pergunto que som é aquele que escuto ao fundo, ele responde que é da banda Seu Cuca.

17 de Outubro, Domingo

15h04 - Tocou, tocou e ele não atendeu.

15h20 - Projacm, Rio. Tinha acabado de fazer o show para os funcionários da Globo e estava correndo para o camarim do Faustão, aonde iria tomar um banho e mudar de roupa para entrar em mais um palco.

22h46 - No carro, chegando em Campinas, com Sandy, motorista e segurança. Pergunto se ele viu a matéria elogiosa que saiu na semanal Época a respeito de sua banda particular. "Não, cara, não tive tempo. Ah, olha ali uma banda!", avisa ao motorista. "Ah não, tá fechada." Aí ele diz que o show no Faustão foi legal, que encontrou Nando Reis no camarim. "Ele é muito bacana com a gente", explicou sobre o ex-Titã. "Ah, conheci hoje lá no camarim da Globo o Leonardo Brício", me informa. "Ele é superlegal, né?" diz que o dia foi cansativo porque, depois de dois shows, Sandy e ele ainda passaram mais de uma hora num chat da Globo.com. Só então puderam voltar ao hotel, comer alguma coisa, arrumar as malas e se mandar para casa.





18 de Outubro, Segunda

13h19 - Campinas, escritório da família. Estava em uma reunião de negócios que faz semanalmente com Sandy, Cacá, seu empresário, e outros envolvidos na carreira deles ( familiares em sua maioria ). Na reunião, iam avaliar contratos, rever estratégias de marketing, agendas etc. Estava nessa labuta desde as 10h.

16h02 - Em casa. Pela primeira vez desde que comecei essa perseguição autorizada, sinto que liguei em hora ingrata. A voz de Junior não esconde isso. Mesmo assim, é educadíssimo e faz questão de alongar as respostas, o que me deixa à vontade para continuar perguntando. Diz que estava estudando violão em seu quarto e tinha acabado de ligar o computador. Avisa que vai se "suicidar" no Orkut. "Pô, tenho mais de 300 convites para ser amigo e 500 scraps", justifica, Pergunto o que ele achou da matéria sobre a SoulFunk na Época. "Puxa, esqueci de comprar. Acho que vou pegar o carro e dar um pulo na banca agora."

19h13 Em Campinas, no seu quarto. Tinha acabado de subir para tomar banho. Disse que passou a tarde brincando em seu PlayStation. Os planos para a noite incluíam uma ida a São Paulo, para ver o show da banda de jazz do amigo Amon-Rá.

22h26 - Ainda no quarto. Ele atende e explica de cara; "Resolvi não sair hoje porque estou muito cansado, e a semana vai ser cheia, com aulas, show no Na Mata e gravação de um clipe [com Sandy] na quinta".

19 de Outubro, Terça

12h31 - Celular desligado

13h25 - Celular desligado

16h51 - Em São Paulo, no meio da aula de guitarra. Explica que passou a manhã na aula de bateria, e que ali o celular não pega bem. Pergunto se ele prefere que eu ligue mais tarde. "Não, vamos falar". Aí me explica que depois da guitarra é a vez da aula de canto - tudo feito numa mesma escola de música na Vila Nova Conceição, em São Paulo. Digo que vou deixar ele tocar e que ligo mais tarde.

19h27 No carro, na Faria Lima, em São Paulo, indo pra Campinas, com os seguranças no banco de trás. Pergunto se ele está digirindo e se quer que eu ligue depois. "Estou digirindo, mas com o fone de ouvido, então pode falar." À noite, pretende comemorar o aniversário de um tio, irmão da mãe, numa pizzaria em Campinas. Pergunto se eles conseguem comer em paz, e ele me conta que em Campinas é tranquilo, bem diferente de São Paulo e do Rio.

0h10 Em seu quarto, conversando com amigos na internet. Começamos a bater papo, e ele diz que acaba de comprar um loft em São Paulo, onde pretende dormir quando estiver muito cansado para voltar para Campinas. "To reformando agora, vai ficar bem legal." Aviso que no dia seguinte vou ver ele e sua SoulFunk tocarem no Na Mata. Ele fica animado: "Vai mesmo, né?". Encerra a ligação dizendo que quer dormir cedo porque amanhã às 9h30 tem uma aula de RPG, para corrigir os ombros que estão um pouco caídos.

20 de Outubro, Quarta

17h26 - Ele atende e diz que está dirigindo, já na Marginal do Tietê, chegando em São Paulo. Conta que de manhã tinha malhado em casa com sua personal, almoçou, fez um chat, deu uma entrevista por telefone para uma rádio de Goiânia, fez uma conference call com o diretor do clipe que gravaria no dia seguinte e estava indo passar o som no Na Mata. "Você vai mesmo?", me pergunta. Digo que sim. "Vou deixar seu nome na porta, tá?"



- Postado por: Jéssica às 13h07
[ ] [ envie esta mensagem ]





Fotos: Sandy presta vestibular na PUC

Semana passada Sandy esteve prestando vestibular na Unicamp em Campinas. Neste sábado (27), conforme programado, também prestou vestibular na PUC-Campinas. A cantora concorre uma vaga para o curso de Letras, nas duas universidades.

A divulgação dos resultados saem, 11 de Dezembro na PUC e 17 de Dezembro na Unicamp.

Confira algumas fotos:


Sandy chega cedo para a prova, no Campus Central.


Sandy concorre a uma vaga no curso de Letras.



- Postado por: Jéssica às 13h04
[ ] [ envie esta mensagem ]





Fotos: Sandy dá canja no show da SoulFunk

Na última quarta-feira, dia 24, Sandy acompanhada do namorado Lucas, dos pais Noely e Xororó e de alguns amigos, foi prestigiar a banda do irmão Junior, a SoulFunk, que pela primeira vez se apresentava em Campinas.

A cantora acabou subindo ao palco, para dar a sua primeira canja no show da banda. Sandy cantou "Boa Noite" de Djavan e "Sampa" de Caetano Veloso. A platéia presente aprovou.

Confira algumas fotos:
























- Postado por: Jéssica às 13h02
[ ] [ envie esta mensagem ]





Sandy e Lucas namoram em boate de Campinas


Nesta semana a banda Soul Funk, que conta com Junior Lima na bateria, fez a primeira apresentação em Campinas, na casa noturna Cartum.

A irmã do músico, Sandy, esteve presente e curtiu a apresentação ao lado do namorado Lucas, da Família Lima. A cantora dançou, namorou e assistiu ao irmão, junto com as amigas e os pais, Xororó e Noely.

Mas não foi só isso, Sandy ainda subiu no palco para dar sua canja e cantou “Boa Noite”, de Djavan, e “Sampa”, de Caetano Veloso. As informações são do Fórum a Lenda (www.alenda.com.br), considerado o ponto de encontro dos fãs de Sandy e Junior.


Lucas Lima e Sandy


Lucas, Sandy e Noeli


Lucas e Sandy


O casal curte o som da banda Soul Funk



Sandy sobe ao palco


Sandy da uma canja no show da banda


Sandy


- Postado por: Jéssica às 12h38
[ ] [ envie esta mensagem ]





Soul Funk com Junior Lima

Nesta quarta feira (24/11) o Cartum traxe um super show com a Banda Soul Funk, de Junior Lima. O show contou ainda com a presença de vários artistas e músicos de renome nacional. Imperdível!













Fonte/Fotos: AgitoCampinas.com.br



- Postado por: Jéssica às 12h34
[ ] [ envie esta mensagem ]





Nome:Jéssica
Idade:16 aninhux
Moro: Sampa
Msn:jeka446@hotmail.com

Eu amo:Sandy e Junior

Odeio: Q falem mal de Sandy e Junior
 

§ Blog de Amigos §

Ju-The Return

Adrina-Metal Head

Zé-Heroes Never Die
Joyce-Remember You
Pudim-Vamo q Vamo PQP
Jessica-Diario De Uma Maluca
Cellinha-Sandy e Jr Online
Luana-Folog
Smallville

§ Sites §

Sandy e Junior Oficial

Potal Identidade

Luz e Ação
A Gente da Certo
As Quatro Estações
A Lenda

§ Créditos §

§ Votação §

Dê nota para meu blog



§ Indique esse blog §

>

§ Meu passado §

20/02/2005 a 26/02/2005
13/02/2005 a 19/02/2005
06/02/2005 a 12/02/2005
16/01/2005 a 22/01/2005
09/01/2005 a 15/01/2005
02/01/2005 a 08/01/2005
19/12/2004 a 25/12/2004
12/12/2004 a 18/12/2004
05/12/2004 a 11/12/2004
28/11/2004 a 04/12/2004
21/11/2004 a 27/11/2004
14/11/2004 a 20/11/2004
07/11/2004 a 13/11/2004



Home